sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

O que aprendi com a minha viagem ao Reino Unido - Parte II

Agora vou falar um pouco sobre os lugares que fui e as minhas recomendações para ir e para com certeza fazer questão de não ir, apesar de ser apenas a minha visão sobre as coisas e algumas pessoas odiarem o que amei, ou amarem o que odiei. Uma das primeiras coisas que preciso falar é sobre o dito cujo do "London Pass" que acredito que seja um assunto controverso e alguns acham ótimo enquanto outros nem tanto. O que posso dizer desse passe é que principalmente me senti um pouco enganada com as propagandas que fazem no site, que fazem você crer que tudo é lindo e maravilhoso porque você o tem e que pulará várias filas. Gostaria de dizer que é uma farsa, porque em absolutamente nada você tem direito a algum tipo de fila especial ou o direito de passar na frente de todas as pessoas sem o passe. O que realmente acontece é que você não vai precisar entrar na fila da bilheteria, que em alguns lugares e, principalmente em algumas épocas pode ser quilométrica. Outra coisa importante é que muita coisa em Londres é gratuita, mas o passe acaba te dando direito a algumas coisas como aquele guia em áudio de forma gratuita (em alguns lugares é pago e em outros não). Mas você tem que pensar muito se vale a pena comprar o London Pass, porque dependendo do tempo que você vai ficar, é melhor você curtir as atrações gratuitas (e Londres tem muitas). O que eu recomendo é fazer uma lista das coisas que você acha que quer ir e que estão inclusas no London Pass e ver se fica mais barato comprar os ingressos por lá ou se fica mais barato o London Pass. E aviso uma coisa, você definitivamente não vai conseguir ver tudo que planeja, pois existem vários imprevistos, do tipo fila gigantes pra entrar, se perder no caminho, problemas com a linha de metrô que você ia pegar, e etc...fora o tempo que se gasta pra comer, pois nos lugares mais cheios, os locais que tem pra comer algo também ficam lotados. Eu pessoalmente me arrependi de ter comprado o London Pass, porque além de tudo tiveram atrações que eu quis voltar novamente, por não ter conseguido ver tudo em um dia e ai descobri que o passe só dá direito a ir 1 vez em cada atração. Entrando finalmente nas atrações e começando com as pagas, vamos falar do famosinho museu de cera Madame Tussauds, que todo mundo conhece ou já ouviu falar. Eu, inesperadamente, adorei o museu, mas no meu caso porque achava que o museu teria apenas "bonecos de cera" de pessoas famosas e tinha muito mais que isso. Minha amiga, por exemplo, esperava que tivessem mais e ficou um pouco decepcionada. Já eu curti o fato do museu ter uma parte muito legal dos personagens da Marvel, junto com um cinema 4D. E além disso,amei a parte da câmara dos horrores, que achei muito melhor do que diversas atrações parecidas como o "London Dungeon" e também o passeio no "black cab" (que lembra muito um daqueles carrinhos de parques de diversão do trem dos horrores)que vai contando a história da Inglaterra através de cenários e bonecos mecânicos (também com direito ao 4D,com cheiros e sons da época). E no final ainda tem uma lojinha de souvenirs e uma cafeteria. O segundo lugar pago, digno de menção é o "Tower of London" que foi justamente o lugar que não conseguimos ver inteiro, pois tinha fila dentro e fora da Torre. Inclusive, depois fui ver no site e eles estavam recomendando que as pessoas não comprassem ingressos para aquela semana, pois eles estavam mega lotados, por alguma motivo que não sei a razão. Logo, o london pass ajudou nesse passeio, pois se não tivéssemos, seríamos obrigados a enfrentar 2 filas antes de entrar e até que a fila de entrada estava andando bem rápido. O lugar em si, conta os principais acontecimentos da cidade e do país e tem várias construções dentro daqueles muros de diversas épocas. Foi palco de uma das histórias contada na obra de Shakespeare (Ricardo III)e também abrigou várias construções importantes como a Casa da Moeda,além de servir como residência para vários reis ingleses e ser o palco de algumas batalhas importantes. O Tower of London é um lugar imenso e é na verdade formando por várias construções como torres, palácios, igreja, e todos possuem uma fila específica para entrar, de tão lotado que o lugar fica. A paisagem do alto das muralhas também é incrível e é possível avistar o rio e também a Tower Bridge. Dentre as inúmeras histórias famosas, temos a de 3 das esposas de Henrique VIII que foram enforcadas a mando do mesmo. Todas elas foram mortas, simplesmente porque era a única maneira dele poder tomar outra mulher como esposas. Não vou falar de toda a história britânica que desenrolou dentro dessas muralhas ( nem conseguiria rs), pois quem tiver interesse ao visitar o local poderá comprar na lojinha deles um guia que conta muitos detalhes, ou se não for poderá acessar o site. Além disso, existem pessoas treinadas que moram dentro do local que são uma espécie de guias, que vão contando vários fatos interessantes sobre cada local. E como cada um tem liberdade para encenar e conta a história da forma que quiser, é possível até dar algumas risadas.No final já ia esquecer de mencionar uma das mais famosas figuras mundiais atualmente que é o Guy Fawkes, conhecido pela máscara com seu rosto do personagem principal em "V de Vingança" e pelo movimento Anonymous. Esta figura histórica que tentou explodir o parlamento inglês, também ficou na Tower od London como prisioneiro e ali mesmo foi torturado para entregar o nome de seus companheiros. O terceiro lugar que eu acho que não pode faltar uma visita é a Westminster Abbey, que também conta muita da história da Inglaterra e é o local onde os reis e rainhas tem sido coroados por séculos. Essa bela construção em estilo gótico, também é imensa e conta já na entrada com um guia em áudio com um percurso pré-definido para que a pessoa possa obter mais informações históricas sobre o lugar . A igreja chama a atenção principalmente pelos seus mortos, muitas pessoas famosas ali estão enterradas. Você vai encontrar no chão ou em mausoléus belamente trabalhados nomes de grandes físicos, escritores, reis e rainhas ingleses e figuras ilustres. Nomes que se destacam em minha mente agora são: Jane Austen, Darwin, Isaac Newton,Charles Dickens,Geoffrey Chaucer, Lewis Carrol e uma figura que ficou pouco tempo ali enterrado: "Oliver Cronwell", o líder da revolução republicana inglesa .A mais conhecida rainha inglesa, a rainha Elizabeth, e sua meia-irmã Blood Mary (esta última famosa pela perseguição aos protestantes em seu curto reinado) também se encontram nessa lista e seus restos mortais repousam em 2 mausoléus, ricamente trabalhados em esculturas de mármore.

Nenhum comentário:

Postar um comentário